Logo do Ubuntu One, Google Docs, Box e Dropbox, no sentido horário

Serviços de armazenamento online

Não é novidade que existem diversas opções de hospedagem e compartilhamento de arquivos e documentos na “nuvem” – alguns são mais comumente utilizados para upload de seriados, filmes e jogos: Uploaded.to, Rapidshare, Megaupload (RIP), FileSonic, YouSendIt, SendSpace, dentre outros tantos; enquanto outros são mais voltados a documentos pessoais ou compartilhado com menos pessoas: Box.net, Dropbox, Google Docs, Ubuntu One –, mas considero que cada um tem uma finalidade diferente (considerando as funcionalidades e o espaço de armazenamento).

Uma das diferenças entre os dois tipos de compartilhamento que citei acima é a necessidade de criar uma conta ou perfil para utilizar. Em alguns dos serviços do primeiro tipo (para filmes, seriados, jogos) não é necessário criar uma conta para fazer download e, em alguns casos, nem para fazer upload. Os outros costumam necessitar de senha ou, ao menos, de um link exclusivo.

Dentre os primeiros, já utilizei bastante o YouSendIt e o SendSpace, para enviar fotos a grupos grandes de pessoas, lá por 2008 e 2009. Até onde eu lembro, na época, não era necessário fazer cadastro: bastava fazer o upload do arquivo e ele enviava o e-mail pras pessoas. Os demais serviços dessa categoria costumo utilizar para baixar arquivos compartilhados em blogs.

O foco deste post, porém, é nos serviços da segunda categoria, muitas vezes utilizados, também, como ferramenta de backup.

Logo do Ubuntu One, Google Docs, Box e Dropbox, no sentido horário
Logo do Ubuntu One, Google Docs, Box e Dropbox, no sentido horário

O primeiro destes serviços que eu utilizei foi o Box.net (que agora é simplesmente Box), lá por 2006, quando fazia um curso à noite e ainda não tinha pendrive. A conexão com a Internet na época era pior que hoje e lembro que era bem chato esperar para fazer o upload e depois o download dos arquivos, mas era melhor que gravar cd ou dvd após cada aula. Provavelmente eu usava isso porque o tamanho dos anexos do Gmail não era suficiente (ou eu teria que mandar muitos e-mails).

O Google Docs tava nascendo nessa época, então creio que comecei a utilizá-lo a partir de 2007 (fui conferir e o documento mais antigo é de maio de 2007, mas encontrei um e-mail com um documento no Docs de novembro de 2006). Durante boa parte de faculdade (2006-2010) utilizei basicamente Google Docs para enviar coisas (além de pendrive e Gmail) e para realizar trabalhos em conjunto com outros colegas. Tenho lembrança de ter utilizado um pouco também o Box.net, mas provavelmente por algum motivo nostálgico.

Já o Dropbox, comecei a utilizar em janeiro de 2010 e atualmente tenho duas contas. Usei por um tempo e depois fiquei um tempo sem utilizar.  Em 2011 comecei a utilizar o Ubuntu One, por já estar integrado ao meu sistema operacional. Estes dois últimos têm a vantagem de poder ter uma pasta sincronizada com o computador (e com Android), o que facilita o uso.

Após o término da faculdade, tenho sentido menos necessidade em utilizar estes serviços de hospedagem – tenho usado com alguma frequência o Google Docs, para escritas colaborativas, e Dropbox, para trocar fotos com amigos.

Há alguns meses comprei uma tablet com Android e passei a dar mais atenção aos outros serviços que não o Docs. Tem aplicativo para todos: BoxDropbox, Google Docs, Ubuntu One.

O aplicativo do Ubuntu One permite sincronizar automaticamente com a câmera, então utilizo para fazer backup das fotos tiradas na tablet direto para o computador, sem ter que ficar passando manualmente por bluetooth ou por cabo.

Já o Dropbox eu utilizo para passar algo rapidinho, quando não estou a fim de ligar o bluetooth, desde que esteja em rede wireless (porque usar 3G pra baixar arquivos é de chorar), além do uso anteriormente mencionado.

Não tenho mais utilizado o Google Docs para armazenamento de arquivos, pois o forte dele é a escrita colaborativa e os formulários.

Por fim, ainda não cheguei a utilizar muito o aplicativo do Box.net, mas baixei recentemente por ter visto a notícia de que os usuários ganhariam 50 GB de armazenamento grátis ao instalarem o aplicativo.

Um grande detalhe nisso tudo é a política de privacidade dos serviços. Confesso que não sei muitos detalhes sobre qual é a menos pior, mas é algo que temos que ficar atentos. Recentemente o Dropbox mudou a política e semana passada o Google fez o mesmo.

Segue um breve comparativo entre os quatro serviços.

Espaço gratuito Dispositivos Extras Política de privacidade
Box 5 GB Web, Android, iOs, Blackberry Disponibilizam dois planos para profissionais, com direito a mais usuários e maior armazenamento, além de outras vantagens de gerenciamento. Atualizada em 10/01/2012
Dropbox 2 GB + 250 MB para cada indicação (gratuito)
por pessoa (até 8 GB)
Web, Android, iOs, Blackberry, Mac, Ubuntu, Windows 50 GB por US$ 9.99/mês
100 GB por US$ 19.99/mês
Mais um plano de 1 TB para empresas, com outras opções de gerenciamento.
Atualizada em 14/02/2012
Google Docs 1024 MB (arquivos no formato do Docs não ocupam esse espaço) Web, Android Armazenamento compartilhado com Gmail e Picasa:
20 GB por US$ 5.00/ano
80 GB por US$ 20.00/ano
200 GB por US$ 50.00/ano
400 GB por US$ 100.00/ano
1 TB por US$ 256.00/ano
Atualizada em 01/03/2012
Ubuntu One 5 GB Web, Android, iOs, Ubuntu [já vem instalado], Windows Streaming de músicas (Android e iPhone) + 20 GB de armazenamento por US$ 3.99/mês
20 GB de armazenamento por US$ 2.99/mês
Atualizada em ???

Leia mais:

Comparação entre serviços de hospedagem de arquivos.

Comparação entre serviços online de backup (em Inglês).

One thought on “Serviços de armazenamento online

  1. jesus, tu parece eu nos teus post informativos-explicativos! só que eu falo de coisas aleatórias, tu focas em tecnologias/utilidades! hahah. eu lembro de tu me falares do Box lá por 2006/2007, e acho que a idéia era trocarmos músicas – coisa que, claro, nunca aconteceu por causa da velocidade da conexão da época. Eu pouco uso o Google Docs e acho pouco usarei, especialmente agora que minha vida acadêmica está prestes a acabar (mas talvez eu use pra salvar textos relativos ao TCC porque não custa nada). Já o Dropbox eu uso muito, especialmente agora que tenho gostado de alternar entre desktop e notebook e acho muito sacal ficar salvando coisas em pendrives. Claro que quando eu ficar sem internet no note num lugar longe de casa (e do desktop) eu vou querer cortar meus pulsos, mas enfim, hahah.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *